quinta-feira, outubro 14, 2010

Uma fábula




Entre uma história caipira e outra, decidi lançar esta fábula japonesa. E, apesar de ter uma edição antiga (fora de catálogo, 1993), posso dizer que é um outro livro, texto novo, ilustrações novas. As personagens são pessoas, mesmo sendo ratinhos, com todas as vontades humanas. E, nessa história, eles querem um noivo para a ratinha. Não um noivo qualquer, afinal, ela é a mais bela e gentil ratinha. Assim pensam os pais.

Estou postando apenas detalhes das imagens. Usei uma alta alvura (240 g/m2), normalmente ruim para aquarela, por não espalhar tão bem a tinta, e secar rápido demais. Mas, tenho adotado nos meus trabalhos atuais, justamente por marcar as pinceladas e o grafite correr sem atrito.

Um comentário:

Sayaka Hime disse...

Mais um lindo trabalho!! Lúcia, parabéns!!! Cada vez mais admiro suas pinceladas!!