segunda-feira, julho 27, 2015

O guardião da bola




Não sei se essa história é de SORTE ou de AZAR.
Zinho e seus amigos costumavam jogar bola feita de meias e trapos. Mas, um dia, decidiram juntar um dinheirinho para comprar uma bola de verdade. E conseguiram. O problema foi depois, quem levaria a bola para casa?

Essa história foi inspirada numa lembrança do meu pai, um pouco atrapalhado e cheio de ideias.

Na ilustração utilizei guache, crayon e lápis de cor, no verso do papel duplex.
O projeto gráfico de Debora Barbieri deu um toque todo especial. Quem quiser conhecer o processo de criação da capa, tipologia, entrar no blog: www.deborabarbieri.com.br


Nenhum comentário: