sábado, fevereiro 14, 2009

Os bonecos















Alguns são de 1992, outros mais recentes. Em geral, os bonecos são ótimos para amadurecer uma idéia e para mostrar ao editor algo mais concreto. Fazer o lay-out muito próximo da finalização também traz problemas, como querer copiar os mesmos efeitos e nunca conseguir. Ainda assim, vale a pena. Até encontrei soluções para as histórias que não estavam bem amarradas. Nos bonecos recentes, usei o programa de edição, o que facilita demais. Dá pra ampliar, diminuir, inclinar, esmaecer... Quem sabe ainda descubro outros recursos? Lembro que cheguei a usar cola benzina, não sabia que escurecia com o tempo. Ao menos uma etapa da colagem consegui eliminar. Continuo montando, página por página. Essa parte artesanal me dá prazer, é ver a idéia inicial tomar a forma de um livro.

4 comentários:

Wilson Hiroshi Matsumoto disse...

Olá!
Legal saber que curte fazer bonecos dos livros. Hj existem muitas facilidades para se fazer isso. Dá até pra fazer uma pequena tiragem de livros usando as graficas rápidas e o custo não é tão alto. Adorei seus trabalhos e sua história.
Abs.

PS. só por curiosidade. Qual o software que está usando?

Luyse disse...

Lúcia, adorei saber todo esse processo! Fiquei admirada com esse modo artesanal que vc usava [ou usa]. Acho que esse sim é mais prazeroso!
Não vejo a hora de trabalhar com ilustraçoes tb!
o//

Claudio Brites disse...

Oi, Lúcia,
Quanto tempo!
Seus desenhos, suas palavras, tudo cheio de significado e força!
saudade!
nos vemos...

Lúcia Hiratsuka disse...

Wilson,
tudo bem? Obrigada pela visita.
Tenho usado o InDesign, na verdade, acompanhando o pessoal da área editorial.

Luyse, o seu trabalho é bem legal, vai mandando o seu portfólio aos poucos.

Oi Claudio, tudo bem?
Apareça na Casa das Rosas, vai ter uma palestra com o Ricardo Azevedo. Depois, em abril, teremos o do Odilon Moraes, falando sobre ilustração e picture books. Vou postar no blog a data e o horário.

bjs à todos.